Sou aficcionado pela música eletrônica desde muito tempo, todos que convivem ou tem o mínimo de contato com minha pessoa sabem o quanto eu adoro escutar música no último volume, quanto eu adoro ficar pulando 3, 4 ou mais horas durante uma balada e terminar a noite rouco e sem voz por ter gritado e cantado como se fosse a última coisa que estaria fazendo da minha vida naquele momento. Música não se trata apenas de uma harmônia de sons, drops, beats e uma melodia bem feita, se refere ao sentimento ao qual ela passa, aquele arrepio inacreditável que sentimos quando escutamos apenas a introdução da música quando o Dj está fazendo a virada, e logo em seguida já pegamos no braço do nosso amigo que está do lado, chacoalhando ele sem parar e gritando “OLHA ESSA MÚSICA MEU DEUS”.

Pois é, como todo fã de música eletrônica a vontade de ir a todos os festivais do mundo nem sempre estava de acordo com a vontade da carteira de nos ajudar no momento exato do lançamento dos line ups e a compra dos ingressos, mas isso nunca me impediu de continuar a almejar tal conquista de vida. Me lembro que em 2013 eu estava sentado na frente do computador, cantando e dançando enlouquecidamente na cadeira ao som de Alesso, através do live stream do Ultra Music Festival em Miami, aquilo pra mim era uma conquista distante, mas desde este dia eu falava a mim mesmo que mais cedo ou tarde eu estaria lá curtindo adoidado aquele festival. Depois de muitas idas e vindas da vida, fui convidado a fazer parte de uma equipe completamente entregue de corpo e alma em prol da música eletrônica em geral, o Play EDM, onde junto com esta conquista me veio o convite mais inusitado até então que eu tenha recebido na minha vida, onde era nada mais do que fazer a cobertura do Miami Music Week diretamente de Miami, sendo a cobertura abrangente a todas as pool parties, baladas, e inclusive o Ultra Music Festival… juro por deus que na hora não sabia o que fazer, eu so pensava a todo momento como aquilo era incrível, mesmo nervoso e agitado com tudo isso eu aceitei sem pensar duas vezes pois nem sempre uma mesma porta se abre duas vezes diante de nós.

A data de 22 de Março sempre ficará marcada por esta conquista inacreditável, surreal e emocionante que foi ingressar nessa viagem. Sabe aquele sentimento de ver aquele seu ídolo cara a cara e você não saber literalmente o que fazer no momento?

Logo de começo e acho que até hoje eu não consigo processar tudo que eu presenciei e vivenciei, Djs como Sebastian Ingrosso, Shapov, Ftampa, Fedde le Grand, Armin Van Buuren, Oliver Heldens e entre outros, eu pude ter o prazer, a honra e a chance de dizer como cada um deles de alguma forma mudaram minha vida e como eles eram importantes para nós, seja através de um lançamento de nova track naquele momento difícil das nossas vida que faz com que apertando apenas o play nos ajudam a esquecer um pouco os problemas, ou até mesmo aqueles 5 minutos que eles param e tiram uma foto com você, com uma atenção e alegria que te faz cada vez mais admirar aquela pessoa. Perdi a conta de quantas vezes eu me encontrei em um estado de felicidade ao qual meu sorriso não era o suficiente para poder expressa tamanha alegria do momento, perdi as contas de quantas vezes eu me emocionei muito e chorei ao ver que eu tinha alcançado minha conquista, de estar podendo viver tudo aquilo que um dia eu apenas sonhava. Lembro que a todo instante que  eu, mentalmente, agradecia a deus por aquela benção. Tudo na vida tem sua hora para acontecer, basta acreditar e ter fé que então nada mais será impossível.

Cada corrida de hotel para hotel para fazer entrevistas, cada chuva que pegamos pra fazer tudo isso, cada noite mal dormida e cansaço que me fazia até dormir sentado na balada esperando o Dj para a entrevista, cada uma dessas coisas valeram à pena de uma forma que eu não consigo expressar! Sou grato demais por ter sido agraciado a fazer parte desta aventura, faria tudo novamente como todo amor, garra, carinho e vontade ao qual todo nosso trabalho fora feito para os nossos caros leitores, agradeço nossa equipe, em especial Victor Flosi por terem confiado em mim e terem me oferecido essa oportunidade única, pela qual eu sempre serei grato a minha vida toda! À todos que estão por ai, lendo tudo isso, nunca deixem de acreditar em seus sonhos, por mais distantes que pareçam estar, confiem, acreditem e tenham fé!

Marcello Alves

Marcello Alves

Jovem Santista intrigado pelo poder que a música pode proporcionar nas pessoas, sonha em um dia poder comandar as pick ups de grandes festivais em geral e se tornar um produtor musical. Redator da equipe Play EDM, adora falar sobre qualquer tipo de assunto sem restrições, curte todos os gêneros da música eletrônica, porém, Progressive House é sua paixão!